Varizes ardendo – Porque isto acontece?

Embora não sejam consideradas graves ou não causem risco de vida, as varizes são condições consideradas bastante incomodas. Isso porque podem gerar dor, desconforto, inchaço e uma série de outras condições bastante desagradáveis.

Mais do que isso, há ainda quem reclame das varizes ardendo, relatando esse sintoma como um dos mais desagradáveis que a condição causa. Então, para saber um pouco mais sobre o assunto, continue lendo.

O que são as varizes?

Primeiramente, é preciso entender que as varizes são vasos que se dilatam e se deformam. Dessa forma, qualquer veia do corpo pode ficar varicosa, mas isso acontece com maior frequência nos membros inferiores, pois eles são mais exigidos.

Mais do que isso, as veias mais afetadas nas pernas são aquelas que levam o sangue de volta ao coração, foi o esforço que realizam é muito grande, atuando contra a gravidade.

Essas veias possuem válvulas, que agem impedindo o refluxo do sangue, então, a cada bombeada o sangue é empurrado e as válvulas abrem. Em seguida as válvulas se fecham até o próximo bombeamento, impedindo que o sangue retorne para baixo, em direção aos pés.

Quando uma dessas estruturas falha ou não suporta a pressão, ocorre o acúmulo de sangue na região, formando uma varize.

Uma forma simples de prevenção ou tratamento é usar cremes para varizes, o Varizero é muito eficiente e simples de usar.

Por que alguns sentem as varizes ardendo?

Dentre os desconfortos que a variz causa, podemos citar a dor, cansaço, sensação de peso e também o ardor ou queimação na região.

Normalmente, essa queimação é decorrente da dilatação da veia, que gera uma resposta inflamatória no local. Dependendo da intensidade das varizes, pode ocorrer de a condição ser assintomática e a pessoa afetada não sente nada.

Já em outras pessoas, pode haver sensação de coceira, inchaço, dor acentuada, alteração no tom de pele e a incomoda ardência.

A sensação tende a ser especialmente mais desconfortável ao fim do dia, depois que a pessoa passa muitas horas de pé ou sentado, mantendo a mesma posição por horas.

Nesse caso, ela pode acontecer também durante a gestação, visto que o corpo é mais exigido e pressão sobre os membros inferiores é maior.

Os sintomas ainda podem ficar mais intensos durante o período da Tensão Pré-Menstrual, a TPM, por causa das alterações hormonais no corpo feminino.

O mais importante é elevar os pés ao fim do dia para aliviar o problema e procurar um médico para realizar o devido acompanhamento da condição!